quarta-feira, 26 de Janeiro de 2011

Ginástica acrobática

Ginástica acrobática é, em comparação a ginástica artística e rítmica, uma nova modalidade da Federação Internacional de Ginástica - que atende pela sigla FIG - e tem como principais características a execução de exercícios que exigem força, agilidade e equilíbrio.

Características gerais
Esta disciplina requer do ginasta coragem, força, coordenação e flexibilidade, além das exigências técnicas de salto. Suas rotinas são executadas com acompanhamento musical e requerem expressão e movimentos do corpo perfeitamente sincronizados com a música.

Descrição e provas
O que se pode identificar em uma apresentação de ginástica acrobática são figuras, lançamentos e diagonais.

• Figuras: Movimentos em que um ginasta sustenta o outro formando figuram. Eles têm que permanecer em uma posição fixa por cinco segundos.

• Lançamentos: Um dos ginastas (o volante) é lançado para o alto por outros dois (ou três) ginastas (o base).

Provas
As séries (rotinas) são executadas num tablado de 12x12 metros, semelhante ao de modalidade artística.

Os acrobatas em grupo devem executar três séries: uma de Equilíbrio, uma Dinâmica e outra Combinada. As séries dinâmicas são mais activas e com elementos de lançamentos com voos dos ginastas. As séries de equilíbrio valorizam os exercícios estáticos e de força. Para os níveis de elite, a terceira série é uma combinação das duas anteriores. Todas são executadas coreografadas de acordo com a música, que dão dinâmica e agilidade à prova.

Links externos:
Federação Portuguesa de Ginástica
Ginástica no Wikipédia

Sem comentários:

Enviar um comentário